Lorde_Velho

Filmoteca do Lorde Velho

últimos visto: hoje às: 13:37

6319,61GB

arquivos 25745

  • documentos

    14658
  • imagens

    1061
  • arquivos de vídeo

    4145
  • arquivos de música

    549
Pastas
Lorde_Velho
Cinema
 
Americanos
 
Asiaticos
 
Brasileiros
 
Europeus
 
Ingleses
 
Italianos
 
Latinos
 
Outros Países
 
Pasta de Coleções Especiais
 
Alien
 
Amicus Productions
 
Barbara Steele - Ciclo de Góticos Italianos
 
Carmilla - Coleção de Adaptações Livres
 
1960. Et Mourir de Plaisir AKA Blood and Roses
1964. La Cripta E L'Incubo
1970. The Vampire Lovers
1971. Let's Scare Jessica to Death
1971. Lust for a Vampire
1971. Twins of Evil
1972. The Blood Spattere d Bride
1977. Alucarda
1989. Carmilla
2014. Styria
2014. The Unwanted
Ciclo de Monstros da Universal
 
Ciclo Edgar Allan Poe - Roger Corman e Vincent Price
 
Ciclo Val Lewton - RKO Productions
 
Emmanuelle - Trilogia Original
 
1974. Emmanuel le
1975. Emmanuel le - L'antivi erge
1977. Goodbye Emmanuel le
Fu Manchu - Christopher Lee
 
Ghost Stories for Christmas
 
Giallo
 
Ginger Snaps Trilogy
 
2000. Ginger Snaps
2004. Ginger Snaps 2 - Unleashe d
2004. Ginger Snaps Back - The Beginnin g
Hammer Films
 
Hanzo The Razor - Trilogia
 
1972. Hanzo The Razor - The Sword of Justice
1973. Hanzo The Razor - The Snare
1974. Hanzo The Razor - Who's Got the Gold
Ju-On - The Grudge
 
Lone Wolf and Cub - Completo
 
Mario Bava
 
Phantasm Collection
 
Planet Of The Apes (Saga Completa)
 
Quadrilogia dos Zumbis Templários Cegos - Amando de Ossorio
 
Ringu - Completo
 
Tohei´s Bloodthirst y Trilogy
 
1970. Vampire Doll
1971. Lake of Dracula
1974. Evil of Dracula
Walter Hugo Khouri
 
Zé do Caixão
Pasta de Filmes (ainda) Sem Legenda
Pasta Documentários Legendados (Falecido Canal no Youtube)
Histórias em Quadrinhos
 
Livros
 
Livros Proibidos
Seriados

465 KB

2 arquivos

obrazek

Drácula pode ser o mais famoso e o mais adaptado para o cinema de todos os vampiros... mas para os verdadeiros connoisseurs não é raro que a vampira do coração seja Carmilla, de Sheridan Le Fanu. Reconhecidamente uma das principais inspirações de Bram Stoker, Carmilla é uma novela curta, mas com um poder de ressonância que, na minha (não tão) humilde opinião, vai muito além de Drácula para quem estiver disposto a mergulhar em seus mistérios. A narrativa é tão rica em insinuações e lacunas intencionais que mesmo após muitas leituras ainda nos pegamos reinterpretando suas passagens, nos questionando sobre algum detalhe antes não notado. Resumir tudo como uma "história de uma vampira lésbica" como teimam em fazer os portais e sites superficiais por aí é um desserviço tedioso. No limite, não se pode resumir Carmilla seja de que forma for, ela escapa, se desvanece por entre nossos braços, lânguida e linda, deixando sua lembrança e o som de seus passos para trás. Não por acaso as adaptações para cinema são espantosamente diferentes entre si, cada uma optando por uma interpretação, um aspecto diferente para destacar ou ocultar. Nenhuma é de fato "fiel", talvez as mais próximas disso sejam as versões da Hammer Films de 1970 e da série de TV americana "Nightmare Classics" de 1989, mas mesmo essas reduzem a obra ao focar apenas em alguns de seus aspectos. Outras versões mais livres aproveitaram lacunas e sugestões da história de modo a explorar as temáticas mais diversas: o ciúme e as paixões incestuosas da juventude no belíssimo "Rosas de Sangue" (Blood and Roses), o gótico clássico de "A Cripta do Vampiro" (La Cripta E L'Incubo), o virulento machismo espanhol em "Blood Spattered Bride", a religiosidade sufocante mexicana no estupendo "Alucarda, a Filha das Trevas", sem contar o notável "Sonhos Alucinantes" (Let's Scare Jessica to Death), uma versão quase não creditada, que se apropria apenas de alguns aspectos básicos do livro, mas que consegue capturar a terrível melancolia mórbida de suas páginas de uma forma que as versões mais fiéis nem chegam perto. Existem algumas outras adaptações mais ou menos obscuras (inclusive uma recente websérie juvenil) mas optei por incluir nessa pasta apenas as que já contam com legendas em português. Excluí propositalmente o clássico "Vampyr" de 1932 porque, mesmo sendo uma reconhecida adaptação do livro, as mudanças foram tão profundas que a própria Carmilla desapareceu da história!
Reportar se os Termos do Serviço forem infringidos